Programa Minha Casa Minha Vida

Criado no ano de 2009 o programa minha casa minha vida foi criado pelo governo federal em parceria com outras iniciativas para possibilitar às famílias de baixa renda o acesso ao tão desejado sonho da casa própria.

Apesar disso, muitas pessoas não tiveram ainda acesso ao programa por apenas não saberem como funciona, nesse artigo vamos fazer o possível para explicar e tirar dúvidas sobre como funciona esse programa do governo e deixar tudo claro para quem quiser se cadastrar.

Ao final deste texto você vai ter o conhecimento necessário para correr atrás do seu sonho e ter a chance de conseguir ser contemplado pelo programa.

programa minha casa minha vida

Cadastro

O cadastro têm diferentes características e formas de acordo com a renda da família, se sua família é considerada como baixa renda tendo uma renda mensal de até R$ 1800,00 por mês então você deve fazer o seu cadastro na prefeitura da cidade onde você vive.

É importante esclarecer que o cadastro deve ser feito na cidade que você tem seu condomínio eleitoral então se você vive em uma cidade e vota em outra deve fazer a transferência do título antes de tentar fazer o cadastro.

Uma vez que você tenha se cadastrado você vai participar de um sorteio que vai definir a ordem com que a sua casa vai ser entregue.

Para aqueles têm que renda mensal acima de R$ 1801,00 o processo é diferente, você deve procurar a Caixa Econômica Federal ou o Banco do Brasil.

A instituição de sua escolha vai fazer uma simulação de financiamento, assim você vai conseguir se aprovado financiar sua casa própria tendo o recebimento antes dos que vão participar do sorteio.

Vale ainda ressaltar que às regras do cadastro têm um limite de renda mensal, isso significa que famílias que recebem mais do que R$ 6.500 não têm direito a se cadastrar no Programa.

Faixas

O Programa Minha Casa Minha Vida têm diferentes faixas para determinar qual o tamanho do Benefício que vai ser subsidiado para cada um dos cadastrados, essas faixas levam em consideração tanto a faixa de renda mensal quanto vários outros detalhes de análise.

Alguns benefícios podem chegar a um total de 90% de subsídio de modo que o cadastrado apenas precise de fato fazer o pagamento de 10% do valor total do imóvel.

Algumas das faixas estão disponíveis mesmos para quem não têm como comprovar a renda e até mesmo para pessoas que têm o “nome sujo” em algum órgão de proteção ao crédito.

Programa Minha Casa Minha Vida – Entidades

Além de poder fazer o cadastro de forma individual para participar dos sorteios como uma única família ainda é possível para quem preferir se juntar a uma entidades.

Essas entidades são formas de vários moradores se cadastrarem para construir juntos uma comunidade, essas comunidades são bastante comuns como as famosas COHAB.

Mas também é possível fazer o cadastro de entidade como associações de morador ou cooperativas de trabalho e habitação, esse tipo de cadastro visa uma convivência em comunidade e muitas vezes também trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *